Fique a par da atualidade

O Desporto Escolar (DE) tem uma expressão incontestável nas nossas escolas e constitui um veículo de excelência no que respeita à prática desportiva, com enfoque também na formação nessa área. Os alunos podem experienciar 44 modalidades, coletivas e individuais, associando o exercício físico ao conhecimento das regras específicas. Ao longo do ano, são organizados diversos eventos e competições, e a socialização e a inclusão dominam esses encontros, momentos privilegiados de convívio salutar onde proliferam a boa disposição, o empenho e a alegria.

Muito mais haveria a dizer sobre o DE, mas serve este introito como ponte para o desporto de formação e competição que os clubes, associações, coletividades e outras agremiações, de modo abnegado e empreendedor, dinamizam em benefício dos nossos jovens.

É de louvar, também, o trabalho diário produzido por milhares de carolas, que colaboram com os clubes que servem, numa dinâmica merecedora do maior respeito e consideração, pois apostam e proporcionam o desenvolvimento saudável das crianças e adolescentes que acompanham, sem dúvida, o principal intuito destes amadores com coração de profissionais.

Por norma, a esmagadora maioria dos pais e encarregados de educação colaboram com as escolas e com os clubes, numa atitude pró-ativa de elevada consciência cívica, complementada, na sua ação de comparticipação, na dotação de ferramentas aos filhos/educandos para que possam projetar e responder ao futuro de um modo mais assertivo.

Contudo, nem sempre é assim!

Também ao nível desportivo (e não me refiro apenas ao futebol) alguns pais e encarregados de educação insistem em intrometer-se no trabalho dos dirigentes e, principalmente, dos treinadores. Essa interferência é levada ao extremo quando insultam os jovens jogadores da equipa adversária e, por vezes, os seus entes queridos! Com este procedimento hipotecam o trabalho superior efetuado nos clubes e, paralelamente, nas e pelas escolas. Erro crasso!

Por Filinto Lima
https://www.tsf.pt/opiniao/amadores-com-coracao-e-alma-de-profissionais-15119581.html

NOTÍCIAS

Amadores com coração e alma de profissionais

27 Ago. 2022 Notícias

Ranking das escolas é tabela “mentirosa”. “Não preparamos os alunos para os penalties”

23 maio 2021 Notícias

IX Convenção Nacional - Pensar, Avaliar e Agir com Inovação

04 maio 2021 Notícias

Diretores Resilientes

26 Dez. 2020 Notícias